The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Telhados de Vidro

Só para ir lembrando que, depois de ter escrito para o Observador duas vezes a pedir a correcção de um erro factual do crítico Vasco Rosa (uma coisita menor que só foi usada como base para atacar a minha competência profissional em particular e a da universidade em geral), ele admitiu o «lapso» em comentários mas, tirando isso, nada fez para o corrigir. Aliás, até me culpou por ele próprio ter tirado conclusões erradas a partir de dados inexistentes. É sempre mais fácil ser rigoroso com os outros.

Não me vou chatear mais com este assunto, mas vou partilhar de vez em quando este texto (já está feito) até se decidirem a corrigir esse erro, que suspeito seja nunca.

CORRECÇÃO: Entretanto o Vasco Rosa apontou-me que uma frase da sua recensão que me parecia indicar que punha em causa a minha aptidão profissional na verdade queria dizer que o género de alguém não é indicador da sua competência profissional. Refiro-me a esta passagem: «à privacidade individual — qualquer que ela seja — não pode ser atribuído ad limine litis [sic] valor de exigível aptidão profissional.» Interpretei-a mal e por isso peço desculpa.

(Só tenho a acrescentar, e com certeza ninguém me há de censurá-lo: dá um gozo do caraças assumir um erro a pedido de alguém que se recusa a assumir os seus)

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: