The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Nomes Influentes

pioneers

Pioneers of Modern Typography (1969), de Herbert Spencer, é dos livros mais sumarentos da história do design gráfico. Já falei dele aqui há dias a propósito dos seus cinquenta anos. Conta-se sobre Peter Saville levou um exemplar roubado na biblioteca da escola à entrevista de emprego com a Factory. Luis Miguel Castro usava-o para decidir layouts na Kapa. É, portanto, um livro influente – mas o que é e como se processa essa influência?

Platão comparava a influência ao magnetismo. Um artista original seria como um íman, com magnetismo próprio. Artistas menores seriam pedaços de ferro que encostados aos íman ou a objectos metálicos encostados a este ganhariam parte do seu magnetismo por influência. Quanto maior a cadeia de objectos, menor seria o magnetismo dos últimos. A influência seria assim uma energia que se transmite por toque ou que afecta à distância.

É só uma analogia, claro. Um objecto como Pioneers é ao mesmo tempo uma fonte original de energia e, sendo um livro de história, um retransmissor de energias mais antigas, que amplificava e modificava, actualizando-as, não só as ressuscitando em nova formas, como transmitindo essa capacidade a alguns dos seus leitores. Fazia-o através do seu design, que evitava sacralizar os trabalhos mostrados.
pioneiros_spencer.jpg

Pioneers também tinha as suas próprias influências. O título inspirava-se no Pioneers of Modern Design, de Pevsner (1949). Spencer tinha sido o designer da edição da Pelican de 1960 (imagem acima). É um arranjo impecavelmente suíço, fontes sem serifas, alinhadas à esquerda, duas cores, imagem fotográfica, tudo organizado numa grelha implícita. A banda branca não era, à maneira suíça, apenas um elemento decorativo, mas funcional, criando enfâses, hierarquias e destaques. Ao atravessar o título, realçava a palavra «modern». Em baixo, organizava numa única linha o nome da editora, o número de ilustrações e o preço, distinguindo-os pela cor do fundo.

Não seria o último livro com o nome semelhante. Por exemplo, Jeremy Ainsley publica Pioneers of Modern Graphic Design em 2005. Uma busca na Amazon por «Pioneers of Modern» demonstra que a expressão se tornou numa fórmula. Há pioneiros da arquitectura moderna, do artesanato moderno, da teologia moderna, etc. Curiosamente, o próprio livro de Pevsner já era uma versão de si mesmo. O livro tornou-se conhecido depois da edição do MoMa de 1949. Antes já tinha sido editado em 1936 como Pioneers of the Modern Movement.
livro-os-pioneiros-do-desenho-moderno-nikoluas-pevsner-D_NQ_NP_843186-MLB25927053238_082017-F.jpg

Em 1962, a Ulisseia traduz para português o Pioneers of Modern Design de Pevsner. Como é anunciado em nota no fim do livro, a edição resulta de um acordo celebrado com a Penguin Books que garantia a publicação exclusiva, para Portugal e para o Brasil, da «consagrada série “Pelican Books”». A edição portuguesa importava o grafismo azul e branco característico da Pelican, mas não o design suíço de Spencer. Aproximava-se do design desenvolvido por Jan Tschichold nos anos 40. Importava-se assim o conteúdo mas não o mesmo design – aliás, «design» era traduzido para «desenho».

Não seria a única tradução possível. Havia quem preferisse Estética Industrial – vinda do Francês. Havia ainda quem usasse a designação de Pintura Decorativa (como é o caso de uma cadeira do curso de pintura da ESBAP onde se leccionavam conteúdos próximos do design). Em todo o caso, a reedição do livro em 1975 já não traduzia design.

pioneers2

 

Anúncios

Filed under: Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: