The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

Capas

Uma ida a qualquer livraria que se especialize em actualidades revela que boa parte dos títulos de ficção abusa da fotografia de stock, da photoshopada, procurando indicar género e assunto usando o máximo de convenções possível: se é economia, um fundo branco com um cartoon fotográfico a meio com um título em Impact por cima (Freakonomics, End This Depression, Blink); se é romance contemporâneo, uma cabeça feminina esbatida sobre um céu urbano; se é romance histórico, uma cabeça feminina esbatida sobre um castelo; se é romance policial, uma cabeça feminina esbatida sobre uma rua escura onde alguém corre. Para fazer coisas mais interessantes, quase basta usar ilustração e outra fonte que não a Trajan. Bónus se for o livro de uma celebridade que não tenha a celebridade na capa. Pessoalmente, culpo o marketing por este estado das coisas: reduz todas as variáveis formais da capa (assunto, cor, fonte) a uma espécie de tabela que cobre todas as possibilidades, tratando igualmente mal todas elas. Ficam aqui como antídoto duas colaborações entre Sena da Silva (fotografia) e Sebastião Rodrigues (arranjo gráfico).

 

 

Anúncios

Filed under: Crítica, Cultura, Design, ,

Da Liberdade de Imprensa, 1971

Não sei muito do conteúdo do livro, mas a sua data, antes do 25 de Abril, em pleno consulado de Marcello Caetano, torna-o um objecto curioso, mais ainda pelo design de Sebastião Rodrigues, que levou à letra o título, transformando-o em liberdade tipográfica. Leia o resto deste artigo »

Filed under: Cultura, Design, História, Publicações,

Mário Moura

Mário Moura, blogger, conferencista, crítico.

Autor do livro O Design que o Design Não Vê (Orfeu Negro, 2018). Parte dos seus textos foram recolhidos no livro Design em Tempos de Crise (Braço de Ferro, 2009). A sua tese de doutoramento trata da autoria no design.

Dá aulas na FBAUP (História e Crítica do Design Tipografia, Edição) e pertence ao Centro de Investigação i2ads.

História Universal do: Estágio

O "Estágio"
O Negócio Perfeito
Maus Empregos
Trabalho a Sério
Design & Desilusão
"Fatalismo ou quê?"
Liberal, irreal, social
Conformismo
Juventude em Marcha
A Eterna Juventude
Indústrias Familiares
Papá, De Onde Vêm os Designers?
Geração Espontânea
O Parlamento das Cantigas
Soluções...

História Universal dos: Zombies

Zombies Capitalistas do Espaço Sideral
Vampiros, Zombies, Classe Média

Comentários

Comentários fora de tópico, violentos, incompreensíveis ou insultuosos serão sumariamente apagados.

Arquivos

Categorias