The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

2 – ressabiator @ gmail . com

11 Responses

  1. Caro Mário,

    O livro foi entregue ao Roger Sabin que muito apreciou, apesar da lingua estrangeira em que foi editado, agradece a oferta e envia um abraço..
    Envio também para o teu e.mail a mensagem que enviou, aguardando a publicação em língua inglesa. Espero resultem deste encontro à distãncia boas oportunidades de colaboração. Um abraço, Pedro.

  2. Caro Mário,

    Lanço-te o desafio que me lançaram a mim, tipo “corrente do sucesso e do amor eternos”…

    A ideia é postar a 5.ª frase completa da página 161 do livro que tens mais à mão. E lançares o desafio a mais 5 bloggers.

    Abraço.

  3. Caro Mário,
    Não percebo ao certo como vim para a esta secção do site, mas interpreto que seja possível esta servir de espaço para uma comunicação transparente.
    Assim aqui fica, como prometido na mesa do café, o estilo/movimento Nova Honestidade. A coisa nasceu e não vem mal nehum ao mundo se der conta dela: http://eurosom.blogspot.com/2009/05/nova-honestidade.html
    Ficou a informação.
    Espero que esta tua mini-maratona de conferências e mais coisas acabe rápido e com o merecido sucesso. Que voltes quanto ao antes aos posts.
    Abraço

  4. Frederico diz:

    Mário! Finalmente a ler o teu livro. É interessante pensar na diferença de tempo e espaço entre blogposts escritos no Porto e textos impressos lidos no metro de NY…
    Abraço

  5. Confessionário do Designer diz:

    Caro Mário

    Somos um grupo de Designers, que se interroga e combate contra as condições degradantes, que os Designers vivenciam em Portugal.
    Achamos que temos direito ao respeito social.
    Umas das mossas lutas é o ensino, pois aí reside o princípio e o fim.
    E é pelo ensino superior que temos inúmeras queixas sobre a sua função, será que funciona?
    O ensino superior do Design em Portugal está obsuleto, e é frustante como alunos do ETIC com o 12.º ano, são directores de arte e os licenciados são subalternos como arte finalistas.
    Ler e divulgar o blogue: http://designcomtodos.bloguepessoal.com/

    Abraço

  6. Edgar Afonso diz:

    Escrevi um artigo sobre o design e as festas populares suscitado pela discussão sobre o cartaz das Festas d’Agonia (2010). Encontra-se neste link: http://www.edgarafonsodesign.com/index.php?seccao=research&research=populares

  7. Raquel Ferreira diz:

    Exmo Sr. Dr. Mário Moura

    Somos uma dupla de designers, Alex Caires e Raquel Ferreira, que segue o seu blog.
    Estamos a contactá-lo por esta via com o propósito de o convidar a participar como orador numa conferência sobre Design em tempo de crise que estamos, de uma forma independente, a organizar.

    A realizar, seria o primeiro evento deste género no Funchal, com o propósito de unir a comunidade e debater a temática do valor das ideias em tempo de crise, valorizando a criatividade em detrimento do valor do dinheiro, escasso nos dias que correm.

    Gostaríamos de saber se teria disponibilidade entre os meses de Outubro ou Novembro para uma deslocação ao Funchal, caso aceite a nossa proposta, entre outras condições para este efeito.

    Esperamos que considere esta nossa proposta, e ficamos a aguardar um feedback relativamente a este assunto.

    Sem mais assunto, com os melhores cumprimentos,

    Alex Caires
    Raquel Ferreira

  8. duarte diz:

    caro Mário Moura,

    Gostava de saber a sua opinião relativa a esta notícia:
    http://www.ionline.pt/portugal/designers-profissao-sem-controlo-pode-ganhar-uma-ordem-2012

    obrigado e parabens pelo blog, sou um leitor habitual
    Duarte Pedro

    • Tinha escrito uma reacção à notícia no Facebook que deixo aqui também. Não é uma grande reacção, tendo em conta que já escrevi e falei tantas vezes sobre o assunto:

      “Já sou contra há bastante tempo e já argumentei que não é decretando a importância de uma profissão por lei que ela se vai tornar importante (para ainda mais argumentos procurem ‘Ordem’ no ressabiator). Mas, tendo em conta que no memorando de entendimento com a Troika um dos pontos é a diminuição das profissões protegidas (leia-se ‘com Ordens’) tenho algumas dúvidas que se consiga isso logo em 2012.”

      Mário moura

  9. Boa tarde Sr. Mário.

    Como sei que o Design é uma das suas paixões, ao encontrar este artigo, lembrei-me imediatamente de si. Apenas sigo o seu Blogue, não o conheço, mas imagino que encontrará o artigo bastante interessante. Encontrei-o enquanto procurava informação para o meu trabalho como aprendiz de carpinteiro e marceneiro e embora pareça não ter nenhuma ligação, encontrei o link ao ler um trabalho sobre a importância do ensino dos trabalhos em madeira no desenvolvimento das crianças, e as repercussões que podem advir no futuro se se perder o ensino das artes manuais nas escolas. Talvez a melhor palavra fosse mesmo “Serendipity”…

    http://worrydream.com/ABriefRantOnTheFutureOfInteractionDesign/

    Obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: