The Ressabiator

Ícone

Se não podes pô-los a pensar uma vez, podes pô-los a pensar duas vezes

O Neoliberalismo explicado às criancinhas

O-meu-livro-de-economia-de-joao-cesar-das-neves_440382733_1

Ando sempre atrás de introduções à economia, e um dia nos saldos da Fnac dei com esta. Tentando perceber a orientação ideológica da coisa, folheei à pressa a secção dedicada ao Estado, a última do livro. Pousei-o porque dizia que os impostos pagavam serviços necessários, mas logo a seguir comparava-os a um roubo.

Na altura não consegui situar o nome do autor mas uma consulta à wikipedia disse-me que andava na esfera do Cavaquismo.

Não pensei mais no assunto até César das Neves ter escrito um texto onde dizia que Portugal “era um país pacato e trabalhador, poupado e prudente, que se sacrificava generosamente, labutando dia e noite para cumprir os deveres” mas o 25 de Abril tinha dado cabo de tudo.

Resolvi procurar o livrito de economia para confirmar a minha primeira impressão (cliquem na imagem para ampliar):
CAM00321

E nas páginas seguintes ainda se fala dos impostos como o Estado a ir ao bolso das pessoas, etc.

Resumindo, o Estado rouba dinheiro às pessoas para pagar hospitais, escolas, museus, etc. e só não é preso porque tem permissão para isso.

Anúncios

Filed under: Crítica

2 Responses

  1. Eis o comentário possível: O.o

  2. Marta Cruz diz:

    É por estas e por outras que lhe chamam o Abominável César das Neves.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Arquivos

Arquivos

Categorias

%d bloggers like this: